Desenvolvimento Sustentável: a definição mais aceita pela Comissão Mundial

O que é desenvolvimento sustentável?


Segundo a WWF Brasil a definição mais aceita para desenvolvimento sustentável é o desenvolvimento capaz de suprir as necessidades da geração atual, sem comprometer a capacidade de atender as necessidades das futuras gerações. Em outras palavras, é o desenvolvimento que não esgota os recursos para o futuro.

Essa definição surgiu na Comissão Mundial sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento, criada pelas Nações Unidas para discutir e propor meios de harmonizar dois objetivos: o desenvolvimento econômico e a conservação ambiental no mundo.

O que é necessário fazer para atingir o desenvolvimento sustentável?


Para ser atingido, o desenvolvimento sustentável depende de planejamento e do reconhecimento de que os recursos naturais são finitos.

Esse conceito representou uma nova forma de desenvolvimento econômico, que leva em conta o meio ambiente.

Muitas vezes, desenvolvimento é confundido com crescimento econômico, que depende do consumo crescente de energia e recursos naturais. Esse tipo de desenvolvimento tende a ser insustentável, pois leva ao esgotamento dos recursos naturais dos quais a humanidade depende.

Atividades econômicas podem ser encorajadas em detrimento da base de recursos naturais dos países. Desses recursos depende não só a existência humana e a diversidade biológica, como o próprio crescimento econômico.

O desenvolvimento sustentável sugere, de fato, qualidade em vez de quantidade, com a redução do uso de matérias-primas e produtos e o aumento da reutilização e da reciclagem.


Modelos de desenvolvimento de países industrializados, seguir ou não?


O desenvolvimento econômico é vital para os países mais pobres, mas o caminho a seguir não pode ser o mesmo adotado pelos países industrializados. Mesmo porque não seria possível.

Caso as sociedades do Hemisfério Sul copiassem os padrões das sociedades do Norte, a quantidade de combustíveis fósseis consumida atualmente aumentaria 10 vezes e a de recursos minerais, 200 vezes.

Ao invés de aumentar os níveis de consumo dos países em desenvolvimento, é preciso reduzir os níveis observados nos países industrializados.

Os crescimentos econômico e populacional das últimas décadas têm sido marcados por disparidades.

Apesar dos países do Hemisfério Norte possuam apenas um quinto da população do planeta, eles detêm quatro quintos dos rendimentos mundiais e consomem 70% da energia, 75% dos metais e 85% da produção de madeira mundial.

Desenvolvimento Sustentável no Brasil


O Brasil considera como prioridade os objetivos do desenvolvimento sustentável, conforme os documentos criados para direcionar políticas voltadas a eles. Ainda é considerada como diretriz central a superação das desigualdades.

O Brasil é um país de destaque no cenário internacional em assuntos voltados ao meio ambiente.

No país, já foram sediadas as duas mais importantes conferências internacionais sobre sustentabilidade da história:

  1. Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento (Rio-92)
  2. Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20).

Além disso, teve papel determinante na aprovação dos seguintes documentos internacionais:

  1. Agenda 21
  2. Declaração do Rio sobre Ambiente e Desenvolvimento
  3. Declaração de Princípios sobre Florestas
  4. Convenções sobre Biodiversidade, sobre Mudança Climática e sobre Desertificação.

Exemplos


Alguns exemplos de ações sustentáveis:

Utilização consciente dos recursos naturais

  1. Preservação de bens naturais e da dignidade humana
  2. Mudança ou diminuição nos padrões de consumo
  3. Conscientização da população por meio de programas e ações socioambientais
  4. Políticas eficazes voltadas para o desenvolvimento sustentável
  5. Evitar desperdícios e excessos
  6. Reciclagem
  7. Fontes de energia renováveis
  8. Reflorestamento

Gestão do Lixo


O lixo ainda é um dos principais desafios dos governos na área de gestão sustentável. No entanto, na última década, o Brasil deu um salto importante no avanço para a gestão correta dos resíduos sólidos. Segundo dados do Ministério do Meio Ambiente, em 2000, apenas 35% dos resíduos eram destinados aos aterros.

Em 2008, esse número subiu para 58%. Além disso, o número de programas de coleta seletiva saltou de 451, em 2000, para 994, em 2008.

Para regulamentar a coleta e tratamento de resíduos urbanos, perigosos e industriais, além de determinar o destino final correto do lixo, o Governo brasileiro criou a Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei n° 12.305/10), aprovada em agosto de 2010.


Créditos de Carbono


No mercado de carbono, cada tonelada de carbono que deixa de ser emitida é transformada em crédito, que pode ser negociado livremente entre países ou empresas.

O sistema funciona como um mercado, só que ao invés das ações de compra e venda serem mensuradas em dinheiro, elas valem créditos de carbono.

Para isso é usado o Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL), que prevê a redução certificada das emissões de gases de efeito estufa. Uma vez conquistada essa certificação, quem promove a redução dos gases poluentes tem direito a comercializar os créditos.

Por exemplo, um país que reduziu suas emissões e acumulou muitos créditos pode vender este excedente para outro que esteja emitindo muitos poluentes e precise compensar suas emissões.

O Brasil ocupa a terceira posição mundial entre os países que participam desse mercado, com cerca de 5% do total mundial e 268 projetos.


tags: Desenvolvimento Sustentável: definição mais aceita pela Comissão Mundial de Meio Ambiente; O que é desenvolvimento sustentável?; Modelos de desenvolvimento de países industrializados; Créditos de Carbono;  Gestão do Lixo; água potável; caminhão pipa curitiba; agua press caminhão pipa; transporte de água potável; caminhão de água; carro pipa;
caminhao pipa curitiba; caminhao de agua; caminhao pipa maringa
caminhao pipa em curitiba; caminhao pipa em maringa; caminhao de agua; transporte de água potavel;
Curitiba (41) 3286-4272 | Ponta Grossa (42) 9911-6061 | Maringá (44) 9914-2112

 


Referências: